Se eu fosse

Se, se, se, se…
Para mim, diz Mildred
os pingos de chuva do “se” não são sonhos impossíveis.
Quando eles caem um a um
no coração daquele que escreve,
eu os recebo como um presente do céu, eu os faço meus,
eu os canto sem medo.
Com a beleza recebida através da caneta do poeta,
ao som da minha voz e da minha guitarra,
Eu me torno a “respiração delicada de um pequeno fluxo de ar”,
eu realmente cubro “a terra da carícias infinitas”,
Eu sou o vento, eu sou o sol, eu sou a chuva.
E eu conjugo “se eu fosse” no presente, para viver sem tardar a beleza do mundo.

(Pascale Stocker)

Produzido : Mildred Aubry e Laet it be Music
Realizado : Jean-François Delfour e Mildred Aubry
Gravado : Em Pech-Capou studio em Bouloc en Quercy (France) exceto (Mes yeux m’emmènent) gravado no studio Mécanique em La Chaux-de-Fonds (Suiça)
Mixado : Loïc Celestin (France)
Masterizado : Homero Lotito no Reference Mastering Studio em São Paulo (Brasil)
Grafismo : Theres Windmüller
Fotografia : Vânia Nicolai

Musiciens
Mildred : Voz, violão (1, 2, 5, 6, 12)
Claude Rossel : Piano (4, 6, 7, 11,12) Teclado (2) Fender Rhodes (3, 8, 9)
Alain Tissot : Bateria (exceto 5) Acordeão (1, 2, 9, 10, 11, 12) Percussões (6, 7, 8, 9, 11)
Dudu Penz : Baixo (exceto 1 et 5) Violão (6, 9) Percussões (6, 7, 8, 9, 11)
Luis Paganin : Guitarra (1, 3, 11) Violão (3. 10)
Al Delort : Guitarra (8, 12) Violão (2, 5, 7, 8, 11)
Jean-François Delfour : Teclado samples (1) Keyboard (5, 8)